07
Nov 10

Neste sábado a Voltado a Poente regressou ao debate, desta vez sob um tema completamente diferente dos anteriores. Foi o conceito de energia imanente e de chakras que esteve em discussão. O orador, um jovem sócio da VaP, Helder Alves, deu o mote, abriu a curiosidade dos presentes, promoveu a reflexão, respeitou pontos de vista convergentes e divergentes e deu uma lição de como é possível a abordagem de qualquer assunto por mais transcendental ou comum que seja. Não terá alterado as convicções de ninguém mas revelou uma forma de analisar o poder da consciência sobre o bem estar de cada um.

Parabéns Helder!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por voltadoapoente às 20:04

03
Out 10

A reduzida mobilização dos sócios VaP não se tem notado apenas nos Encontros Temáticos, mas também na frequência muito baixa das instalações da sede assim como nas Assembleias.

A abertura da sede aos domingos à tarde é uma realidade que não tem merecido a receptividade que se pretendia. Por isso foi decidido deixar de ter a sede aberta nesse período. A partir de hoje a sede só será aberta para a realização de iniciativas concretas.

Como exemplo disso fica aqui o convite para o próximo Encontro Temático. Este terá lugar no dia 6 de Novembro e estará subordinado ao tema "Energias Chakras" e será orientado pelo nosso sócio Helder Alves.

Permitam-me uma reflexão mais ampla sobre a vida associativa. A ginástica aeróbica tem revelado um óptimo impacto na vida das nossas sócias e isso é muito importante. O Hip-Hop sendo uma dança tão bonita e relevante, precisava de ser mais acarinhada pelas famílias que têm jovens no seu seio. As danças de salão, embora revelando alguma instabilidade no grupo que as frequentam, são outra realidade bem pujante. O teatro é aquele núcleo que, nas suas apresentações, consegue mobilizar um significativo número de sócios e da restante comunidade local e que consegue encher, por mais que uma vez em cada ano, o Salão Paroquial de Romariz e que já se apresentou fora dos limites da frequesia. As viagens turístico-culturais significam sempre no mínimo 50 sócios em movimento. O jantar comemorativo do aniversário VaP tem tido sempre uma participação superior a 60 pessoas. As caminhadas com os convívios finais têm sido outra experiência fantástica. O coro que só agora iniciou a sua actividade tem perto de uma dúzia de elementos.
Poderia dizer-se que temos uma Associação forte mas entendo que devemos ser mais ambiciosos. Falta criar um espírito de união, de orgulho pelo colectivo que temos de ser. Percebe-se facilmente que há um conjunto de sócios sempre presentes mas outros pouco aparecem, usufruindo apenas de uma ou outra actividade muito concreta. São esses que temos de mobilizar para passarem a integrar aquilo que gostaria de designar de "Espírito VaP". Em breve novas iniciativas serão apresentadas.

Se é sócio VaP, participe na vida da nossa Associação e ajude a criar esse espírito.

publicado por voltadoapoente às 17:25

07
Jun 10

A 5 de Junho comemora-se o Dia Mundial do Ambiente.

Nesse mesmo dia teve lugar o 2º Encontro Temático Mensal da Voltado a Poente. A abordagem, realizada pelo nosso sócio Hugo Santos, que se tem vindo a especializar na área da energia, mereceu o título "Sociedade, Futuro e Energia". Começando por mostrar a diminuta dimensão deste "calhau" em que vivemos face à imensidão do universo, indo até às questões práticas de como se pode poupar energia no quotidiano de cada um, passando pelo conceito de sustentabilidade como a intersecção de três âmbitos (ambiente, sociedade e economia), este orador captou a atenção e provocou a intervenção dos presentes que, não sendo muitos, foram activos e interessados.

 

Nota: Algumas fotos foram retiradas para tornar o blog mais leve. Quem desejar visionar todas as fotos deve clicar sobre uma delas passando a ter acesso à secção de fotos do Sapo onde estas estão alojadas.

 




 

 

 

 

O 3º Encontro Temático Mensal sob a designação de "As mulheres de Salazar" será a 3 de Julho. O convite, desde já, aqui fica. Todos estes Encontros estarão abertos a toda a comunidade.

 

 

 

Mas o dia seguinte adivinhava-se exigente.

Uma caminhada na Serra da Freita pode ser um suave passeio de convívio com a natureza mas também se pode transformar num verdadeiro teste à capacidade de resistência humana. Foi esta última hipótese que aconteceu.

Pelas 8:15h foi dada a ordem de partida na sede. Eram 9:15h e já 32 "aventureiros" mergulhavam nas belíssimas paisagens serranas da Frecha da Mizarela. O percurso (PR7) revelou-se tão bonito quão perigoso não deixando, sequer, os caminhantes de terem de se confrontar com um "deslizar de pés e consequente arranhão" e ainda com alguma falta de "energia". Pode dizer-se que a organizadora e responsável pelo Núcleo das Caminhadas, Célia Jesus, bem tinha avisado, mas alguns não quiseram crer. No entanto, no fim, todos estavam orgulhosos pelo feito realizado e pela experiência proporcionada. Parabéns Célia.

Seguiu-se um convívio à VaP: grelhados, caldo verde, fruta e bolos (até um aniversário foi comemorado), música, karaoke, danças, enfim, diversão pura para 70 dos nossos sócios. Obrigado Núcleo de Bar, Biblioteca e Convívios, vocês são fantásticos...

Para recordação ficam as fotos e o bastão que o Albino usou e que foi assinado por todos os participantes. Este passará a estar em exposição na sede.

 

 



 








 

 

 






Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO